COMPARTILHAR

A Penalty esteve presente no Jogo das Estrelas 2022. Além de dar o nome ao Torneio de Enterradas, a marca forneceu duas versões inéditas da bola Crossover Pro 7.8 para serem utilizadas durante o evento. Além disso, a NBB lançou uma NFT com participação direta da marca.

Nomeada de Enterradas Penalty, a competição de enterradas aconteceu na última sexta-feira e contou com Túlio da Silva, do Flamengo, como o grande campeão. Durante o torneio, Jonathan Melo, designer e artista visual, personalizou ao vivo a bola oficial do evento no stand da Penalty.

A bola utilizada para o torneio foi a Crossover Pro 7.8 na cor branca, com detalhes azuis. O modelo contribuiu para a visibilidade do desenho feito pelo designer. Além disso, o artista personalizou outras oito bolas em homenagem aos atletas que disputaram o torneio.

(Foto: Divulgação)

Uma novidade do evento foi a venda de NFTs (tokens não-fungíveis), comercializados digitalmente pelo NBB em parceria com a Block4, fantech que cria e gerencia plataformas de colecionáveis digitais. Cada jogador que entrou em quadra no Enterradas Penalty foi transformado em um card digital em 3D, com arquivo criptografado. Ao clicar na arte, é possível ver as enterradas do atleta e questão por ângulos não mostrados na transmissão e estatísticas do lance.

Ao todo, está disponível apenas um colecionável digital por atleta participante. Além dos ângulos e dados, quem adquirir o NFT receberá uma versão 3D exclusiva da bola usada no torneio, a versão física com personalização do artista e ingresso para as próximas cinco edições do Jogo das Estrelas.

“A Penalty quer, cada vez mais, trazer inovação e tecnologia, não só nos produtos, mas no relacionamento com o praticante e o fã de basquete. Fizemos um mix de arte, esporte e tecnologia nessa ação. Por meio do NFT poderemos levar um pouco da emoção do Jogo das Estrelas a alguém que não pôde estar presente no evento e, além de o comprador ter um ativo no mundo virtual, ele também terá uma obra de arte em sua casa, que é a bola personalizada com as características do atleta que ele escolheu”, explicou Bernardo Caixeta, gerente de marketing e relações esportivas da Penalty.