COMPARTILHAR

Nesta quinta-feira, jogadores de Napoli e Barcelona protestaram contra a guerra entre Rússia e Ucrânia. A manifestação aconteceu no estádio Diego Armando Maradona, na Itália, antes do confronto entre as duas equipes para decidir vaga nas oitavas de final da Liga Europa.

Juntos no gramado, os atletas de ambas equipes seguraram uma faixa com os dizeres “Parem a guerra”, apesar da Uefa não permitir manifestações políticas.

Antes, no duelo entre Olympiakos e Atalanta, pela mesma fase da competição, também houve manifestação. O meia atacante ucraniano Malinovskiy, da equipe italiana, mostrou uma camiseta com a mensagem “sem guerra, Ucrânia”, após marcar gol na partida.

Após a invasão russa na Ucrânia e o aumento da tensão entre os dois países, jogadores brasileiros que estão no território ucraniano pediram ajuda para deixar o local, em vídeo nas redes sociais.