COMPARTILHAR

O Corinthians confirmou na tarde desta terça o motivo de Mauro Boselli ter pedido para deixar a partida contra o Internacional, no último domingo, durante o segundo tempo. Os exames apresentaram uma contratura na coxa direita do centroavante, que pode até perder o restante da temporada.

Apesar do clube ter evitado estimar um prazo para o retorno do camisa 17, há o exemplo de Júnior Urso, que teve o mesmo problema recentemente e precisou de seis jogos para voltar a jogar. O Campeonato Brasileiro só tem mais cinco rodadas.

Obviamente, cada caso é um caso e cada jogador reage a sua maneira a um processo de recuperação de lesão. De qualquer maneira, para domingo, quando o Timão visitará o Botafogo, no Rio de Janeiro, Boselli já é carta fora do baralho. E motivo para lamentar é o que não falta aos corintianos.

Nenhum outro centroavante do grupo é tão letal quanto o argentino. Boselli tem menos jogos que seus concorrentes, mais gols e mais assistências, segundo as estatísticas do Footstats.

Titular absoluto com Coelho, Mauro Boselli marcou seis gols e colaborou com duas assistências em 18 atuações no Brasileirão. A média é de quatro chutes para um gol.

Vagner Love, provável substituto de Boselli agora, marcou cinco gols em 25 jogos e não ajudou com nenhuma assistência na mesma competição. São necessários, em média, cinco chutes para o camisa 9 marcar um gol.

Já Gustavo, que tanto brilhou no primeiro semestre marca um gol a cada 10 chutes, em média. Foram 20 jogos até aqui, com dois gols anotados e uma assistência.

Sem a bola vem o contraponto. Boselli é o que menos participa da parte defensiva, motivo pelo qual Fábio Carille tantas vezes o preteriu. Foram apenas sete desarmes, contra 18 de Love e 11 de Gustavo.

Tiago Salazar

Facebook Comments