COMPARTILHAR

Gabriel é conhecido entre os torcedores do Corinthians como o “pitbull da Fiel”. Responsável pela proteção no meio-campo, se destacando por suas características defensivas, o volante agora vem sendo trabalhado para se tornar mais ofensivo e ser uma espécie de elemento surpresa da equipe comandada pelo técnico Sylvinho.

Neste sábado, contra o Palmeiras, Gabriel foi o autor do gol de empate no Derby, em pleno Allianz Parque. Mesmo com uma equipe considerada inferior tecnicamente, o Timão jogou de igual para igual contra o estrelado elenco alviverde e acabou balançando as redes com um herói até então improvável, mas que, de acordo com Sylvinho, deverá, aos poucos, deixar os corintianos familiarizados com isso.

“O Gabriel é um atleta muito disciplinado, com muita energia, muita entrega. Pouco a pouco, nessa nova versão, estamos tentando acrescentar alguma coisa, como pisar mais na área. Óbvio que ele não vai virar um artilheiro do time, mas algum movimento a gente está acrescentando, porque é muito voluntarioso, generoso, que cobre uma margem muito grande do campo. Então, por que não pisar mais na área adversária e ter a oportunidade de dar o último passe ou então fazer o gol?”, disse Sylvinho.

Com pouco mais de duas semanas de trabalho, Sylvinho teve de lidar com a precoce eliminação na Copa do Brasil e derrota para o Atlético-GO em plena Itaquera, resultados suficientes para que parte da torcida já passasse a pedir a demissão do treinador. O empate contra o Palmeiras, fora de casa, no entanto, dá um respiro ao técnico e aos jogadores, principalmente pelo fato de o Corinthians ter protagonizado lances de perigo e ter sido competitivo ao longo dos noventa minutos.

Outro atleta do meio-campo que vem sendo visto com bons olhos por Sylvinho é Cantillo. O colombiano foi a cabeça pensante do Corinthians contra o Palmeiras, distribuindo bons passes e lançamentos, e deve seguir como titular da equipe nas próximas partidas.

“Vão se desenvolvendo as conexões do time, eles têm se encontrado também, o Cantillo com Gabriel e Roni, se sente protegido. [O Cantillo] É um atleta de boa qualidade técnica, visão de jogo, passes. Nesse stor do campo tem dado bastante consistência no time e a qualidade técnica tem aumentado também”, completou o treinador do Corinthians.