COMPARTILHAR

O Corinthians tem cinco jogos pela frente para alcançar pelo menos uma vaga na pré-Libertadores de 2020. O clima no clube é de ‘tudo ou nada’. A expectativa pelos três pontos no confronto direto com o Internacional não se confirmou e deve refletir em novidades.

Para começar, a programação da semana foi alterada. Nessa quarta-feira, o elenco fará um jogo-treino com a Inter de Limeira no CT Joaquim Grava. Após isso, Coelho trabalhará sem a presença da imprensa por três dias, até o duelo com o Botafogo, domingo, às 18h, no Estádio Nilton Santos.

Há uma tendência de que a escalação sofra algumas mudanças. Gabriel volta após cumprir suspensão e Pedrinho depois de servir à Seleção Sub-23. Já Mauro Boselli pode perder o restante da temporada por causa de uma contratura na coxa direita.

O desempenho ruim no primeiro tempo de domingo passado deve fazer com que Sornoza perca vaga entre os titulares. Júnior Urso também deve voltar a atuar como segundo homem de meio de campo ou até mesmo como primeiro volante, na vaga normalmente ocupada por Ralf ou Gabriel.

A entrada de Vagner Love na frente é praticamente certa. Jadson e Clayson também podem entrar na barca das novidades.

Os próximos dias serão usados para que as dúvidas de Coelho sejam resolvidas. O técnico interino espera encontrar a formação que atenda melhor a sua proposta de jogo, de saída de bola por baixo, desde o goleiro, e com chegada forte ao ataque, com ocupação ampla de território.

A percepção é de que o time ainda não conseguiu assimilar totalmente a nova proposta. A semana sem jogo será fundamental para que o grupo tenha tempo de ‘aprender’ o que o sucessor de Fábio Carille deseja ver em campo.

Tiago Salazar

Facebook Comments