COMPARTILHAR

O Cruzeiro precisou focar suas atenções na Copa do Brasil e Libertadores em 2018 e, por isso, em vários momentos deixou o Brasileirão em segundo plano. Após o término do torneio nacional, o técnico Sidnei Lobo avalia que a 8ª posição no torneio demostra que a equipe poderia brigar por melhores posições. Ele ainda prometeu um 2019 de grandes partidas para a Raposa.

“Nós temos que repetir o que fizemos de bom. E estar atento aos detalhes para conquistar outros títulos, como a Libertadores. Mas se a gente tivesse a sequencia maior, brigaria no Brasileiro. No geral, o ano foi positivo. O ano que vem está sendo discutido com o Mano, a diretoria, passo a passo, mas com certeza o Cruzeiro vai ser forte também”, destacou.

O Cruzeiro terminou a temporada com um empate morno, sem gols, na tarde deste domingo, com o Bahia. O treinador celeste, no entanto, ficou contente com o que viu em campo.

“Esta partida deixou a comissão técnica muito satisfeita pelo que foi feito durante o jogo todo e durante a semana. Trabalhei a equipe quatro dias antes do jogo. E, a meu ver, o time poderia ter tido um pouco mais de sorte. E, pelo que a equipe produziu, se saísse vencedora não seria demais, não”, finalizou.

O Cruzeiro agora entra em férias e a diretoria trabalha por contratações. A próxima partida da equipe será no dia 19 de janeiro, pelo Campeonato Mineiro.

Do correspondente Marcellus Madureira

Facebook Comments