COMPARTILHAR

O Brasil enfrentou o Peru na decisão da Copa América 2019 disputada em território brasileiro, e acabou vencendo os adversários pelo placar de 2 a 1. O grande destaque da seleção brasileira mais uma vez foi o atacante Gabriel Jesus com uma assistência e um gol.

A primeira finalização foi da seleção peruana que começou com a marcação em cima. Na disputa de bola, Coutinho tocou com mão a bola e a arbitragem marcou a falta, Cueva foi para a cobrança e o goleiro Alisson foi até ela, mas só para conferir ela sair pela linha de fundo.

Com cinco minutos de partida, o Brasil não conseguiu chegar ao ataque ou criar um lance de perigo contra a seleção peruana, pois o time do técnico Gareca começou marcando em cima e teve uma nova chance com Tapia que arriscou de fora da área e a bola passou longe do gol defendido pelo goleiro brasileiro.

Enquanto o Brasil encontrava dificuldades para sair pro jogo, Daniel Alves conseguiu lançar Gabriel Jesus aos 14′ minutos, que dominou nos peito e tirou a marcação, o atacante brasileiro levantou a cabeça e cruzou para Evérton Cebolinha apareceu sozinho e de primeira estufar as redes da seleção peruana 1 a 0.

A partir do gol de Evérton Cebolinha abrindo o placar, o jogo mudou, e o Brasil passou a pressionar a saída de jogo da seleção peruana. Aos 23′ do primeiro tempo, Everton Cebolinha e Roberto Firmino trabalharam pela esquerda, Firmino cruzou para Coutinho que tentou de primeira e a bola passou do lado do gol defendido pelo goleiro Gallese.

A equipe peruana até tentou chegar em outras oportunidade, mas não conseguiu levar perigo ao gol brasileiro. Aos 35′ bola trabalhada pela esquerda e o cruzamento de Alex Sandro para o cabeceio por cima do gol de Roberto Firmino.

Aos 41′ da etapa inicial jogada feita pelo direita do ataque peruano, Thiago Silva tentou cortar a bola, e com o braço apoiado no chão, o árbitro do jogo marcou a penalidade. O VAR foi acionado e após revisar o lance, confirmou a penalidade para a seleção peruana, o atacante Paolo Guerrero partiu para cobrança e empatou o jogo no finalzinho do primeiro tempo.

Firmino brigou pela bola no meio de campo, recuperou e trabalhou com Arthur que avançou, o volante achou Gabriel Jesus sozinho de frente para o gol aos 47′ do primeiro tempo, que tocou na saída do goleiro Gallese para marcar o segundo gol brasileiro 2 a 1.

Destaque do jogo Gabriel Jesus acabou expulso após receber o segundo amarelo

Diferente do início do jogo, a segunda etapa começou com o Brasil pressionado e durante os primeiros dois minutos e, dois escanteios para a seleção brasileira, na sequência a bola sobrou com Daniel Alves que tentou bater de fora da área porém, o capitão brasileiro acabou errando o alvo.

Em outra jogada feita pela direita, envolvendo Arthur, Dani Alves, a bola chegou até Gabriel Jesus que tocou para o meio para Coutinho que invadiu a área e tentou bater tirando o goleiro, mas a bola foi para fora. Thiago Silva fez falta no Carrillo aos 7′ da etapa complementar, a bola cobrada para área e ficou com a defesa da seleção brasileira.

A resposta do Brasil veio na sequência, Coutinho recebeu e partiu para cima, tentou abrir o espaço para bater pro gol, mas chegou a marcação para travar o chute. A bola sobrou com Gabriel Jesus que tocou para Roberto Firmino na dentro da área que tentou o chute, mas acabou errando a batida na bola.

O atacante Gabriel Jesus sofreu uma falta na lateral, na sequência o centro-avante devolveu e o juiz marcou a falta e aplicou o cartão amarelo, como havia recebido o cartão no primeiro tempo, com o segundo, o grande nome até aqui da decisão o atacante brasileiro foi expulso.

Com um a menos a seleção peruana venho para cima do Brasil, no finalzinho aos 41′ Evérton Cebolinha tabelou com Richarlison, que devolveu a bola, na sequência o atacante da seleção caiu dentro da área e árbitro do jogo marcou a penalidade. O árbitro foi acionado para revisar o lance, e o juiz do jogo assinalou o pênalti, Richarlison foi para a cobrança e marcou o gol o terceiro do Brasil no jogo, 3 a 1.

Escalações

Brasil: 1 – Alisson, 13 – Dani Alves, 2 – Thiago Silva, 4 – Marquinhos, 12 – Alex Sandro, 5 – Casemiro, 8 – Artur, 11 – Phillipe Coutinho (14 – Militão), 20 – Roberto Firmino (21 – Richarlison), 9 – Gabriel Jesus, 19 – Evérton Cebolinha (15 – Allan).

Téc. Tite

Peru: 1 – Gallese, 17 – Advincula, 15 – Zambrano, 2 – Abram, 6 – Trauco, 13 – Tapia (23 – González), 19 – Yotún (11 – Ruídiaz), 18 – Carrillo (14 – Polo), 8 – Cueva, 20 – Flores, 9 – P.Guerrero.

Téc. Gareca

Árbitro: Alberto Tobar (Chi)

Facebook Comments
COMPARTILHAR
Artigo AnteriorBrasil supera expulsão de Jesus e confirma nono título da Copa América
Próximo ArtigoTorcida faz sua parte e apoia a Seleção Brasileira no Maracanã
Jornalista formado pelas Faculdades Alfa, hoje conhecida como Centro Universitário UniAlfa. Além de escrever para o EsporteNet.Tv, narrei e comentei jogos de Futebol, Vôlei, Futebol Americano, Rugby, MMA, Taekwondo todos pelo EsporteNet.Tv. Trabalhei durante 3 anos no Diário do Manhã como repórter da categoria Online, e na metade do primeiro ano, divide as funções tanto no Online como na TV Web da empresa o DMTV. Isso fui um pouco do que eu fiz. Acredito que toda modalidade deva ter o seu espaço e foi por esta razão que me juntei ao projeto do EsporteNet.Tv, para abrir caminho e dar a visibilidade que outras modalidades esportivas merecem, assim como o futebol.