COMPARTILHAR

Nesta terça-feira, ninguém saiu feliz do Estádio do Café. Em partida válida pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Londrina e Figueirense empataram por 0 a 0. O resultado deixa os paranaenses próximos ao Z4 e não tira os catarinenses do sufoco.

Com o empate, o Londrina manteve-se na 16ª colocação, com 32 pontos somados. Na próxima rodada, a equipe visita o Vitória, na sexta-feira, às 21h30. Já o Figueirense foi a 28 pontos, na 19ª posição. No entanto, o time ainda pode ser ultrapassado pelo São Bento. O próximo compromisso do clube catarinense é contra o Paraná, no sábado, às 19h.

Londrina e Figueirense não saíram do zero no Estádio do Café (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina)

O jogo – Jogando em casa, o Londrina foi muito mais agressivo na primeira etapa. Os mandantes chegaram logo no início em chute de fora da área de Matheusinho defendido por Pegorari. Na sequência, André Moritz avançou pelo centro e, na entrada da área, finalizou e acertou o travessão.

O goleiro do Figueirense voltou a aparecer bem, saindo do gol e fechando o ângulo de Matheusinho, que parou em Pegorari. A última chance perigosa da primeira etapa veio com Paulinho Moccelin, que arriscou de fora e a bola passou à direita da trave.

No segundo tempo, o Figueirense buscou mais o ataque e levou perigo duas vezes no mesmo lance. Fellipe Mateus dominou no peito dentro da área, chutou e Lucas Costa tirou em cima da linha. Na sobra, o atacante finalizou novamente e o zagueiro travou o chute, impedindo o gol pela segunda vez consecutiva. Patrick, do Figueira, foi expulso após receber o segundo cartão amarelo.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA X FIGUEIRENSE

Local: Estádio do Café, Londrina (PR)

Data: 15 de outubro de 2019, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Jonathan Antero Silva (RO)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (RO) e Adenilson de Souza Barros (RO)

Cartões amarelos: Matheusinho, Paulinho Moccelin (Londrina) Tony, Patrick (Figueirense)

Cartão vermelho: Patrick (Figueirense)

Londrina: César; Alemão, Dirceu, Lucas Costa e Breno (Raí Ramos); Charles (João Paulo), André Moritz. Matheus Bertotto; Matheusinho Júnior Pirambu, Paulinho Moccelin (Luidy).

Técnico: Mazola Júnior

Figueirense: Pegorari; Luis Ricardo, Ruan Renato, Alemão e Conrado; Patrick, Tony (Betinho), Jefferson Renan (Odilávio), Breno, Fellipe Mateus (Pereira); Rafael Marques.

Técnico: Márcio Coelho