COMPARTILHAR

O tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna ainda tem muita força e admiração dos brasileiros, mesmo 26 anos depois de sua morte. Por isso, são planejadas transmissões ao vivo em homenagem ao piloto nesta sexta-feira, dia primeiro de maio, aniversário da tragédia que levou ao seu falecimento no GP de San Marino, em Ímola na Itália, em 1994.

Em sua carreira na Fórmula 1, Senna acumulou três campeonatos, 41 vitórias e 80 pódios.

Por conta da pandemia do Covid-19 e das medidas de isolamento social, estão proibidos os eventos que promovam aglomerações de pessoas. “É claro que gostaríamos de preparar um grande evento em homenagem ao Ayrton (Senna) como fizemos no ano passado em Interlagos, quando levamos mais de 20 mil pessoas no Senna Day. Mas isso não será possível por conta das circunstâncias atuais, mas temos certeza de que será igualmente especial compartilhando muitas histórias nas redes sociais”, diz Bianca Senna, sobrinha do piloto e CEO de Senna Brands, em entrevista para a RF1.

As homenagens se estenderão até domingo, com presenças de Rubens Barrichello, Pietro Fittipaldi (da Haas), Sérgio Sette Câmara (da Red Bull), entre outros. O público poderá participar completando a frase “Meu Ayrton é…”, como forma de expressar admiração pelo piloto brasileiro.

Facebook Comments