COMPARTILHAR

Neste sábado, foi realizado o treino classificatório da Fórmula 1 para o Grande Prêmio da Bélgica, sob chuva. Max Verstappen, da RBR, ficou com a pole, seguido por George Russell, da Williams, e Lewis Hamilton, da Mercedes. A prova chegou a ficar cerca de 40 minutos parada após batida forte de Lando Norris.

Na primeira bateria, a maioria dos pilotos entraram com pneus de chuva extrema, enquanto apenas as Williams foram de intermediários. Lando Norris terminou na liderança, enquanto Giovinazzi, Tsunoda, Schumacher, Mazepin e Raikkonen eliminados.

Na bateria de número dois, com todos com pneus intermediários, Norris seguiu na liderança, com Lewis Hamilton na segunda posição. Leclerc, Latifi, Sainz, Alonso e Stroll foram eliminados.

Logo no início da terceira bateria, Lando Norris bateu forte na curva de Eau Rouge. O piloto respondeu a equipe pelo rádio e disse estar bem. Pouco antes, os pilotos na pista pediram bandeira vermelha (que foi decretada após o acidente) pelo excesso de água na pista.

Após cerca de 40 minutos de paralisação, a disputa foi retomada, com a Mercedes e RBR com pneus intermediários. Com muitas reviravoltas no final, Verstappen foi o único a completar a volta em menos de dois minutos. Destaque para George Russell, que conseguiu o segundo melhor tempo a bordo de uma Williams. Lewis Hamilton fechou as três primeiras posições.

Confira a ordem de largada do GP da Bélgica após a terceira bateria: 

1º – Max Verstappen

2º – George Russell

3º – Lewis Hamilton

4º – Daniel Ricciardo

5º – Sebastian Vettel

6º – Pierre Gasly

7º – Sergio Pérez

8º – Valtteri Bottas

9º – Esteban Ocon

10º – Lando Norris