COMPARTILHAR

A grande polêmica do GP de Xangai, vencido neste domingo por Lewis Hamilton, aconteceu no treino classificatório de sábado. Max Verstappen foi ultrapassado por Sebastian Vettel quando desacelerou para poder aquecer melhor seus pneus antes do Q3. Ficando com menos espaço, o piloto da RBR não conseguiu abrir a última volta por falta de tempo. Depois do holandês ter disparado contra a falta de respeito do alemão, Vettel se defendeu do episódio.

“Obviamente, todos passaram ao mesmo tempo, então todos saímos para o mesmo lugar. Se você estava no fim do trem, como eu, então era bem difícil. Quando a equipe me disse que tínhamos apenas dez segundos de margem para cruzar a linha a tempo de fazer outra tentativa, tive de pensar em algo”, respondeu o piloto da Ferrari.

Depois de toda a confusão, Vettel conquistou a terceira posição no grid, enquanto Verstappen ficou com o quinto lugar. O alemão ainda completou dizendo que a equipe da RBR não deve ter percebido a sua aproximação.

“Não sei se os outros não foram informados se todos teriam a velocidade do jeito que eu fiz, então todos nós deveríamos ter conseguido. Mas eu obviamente priorizei nesse ponto para tomar a decisão. Parecia que os outros não estavam cientes”, complementou.

No GP deste domingo, Vettel terminou na terceira colocação e Verstappen na quarta posição. A próxima etapa da competição será disputada no Azerbaijão, no dia 28. A prova terá início às 9h10.

Facebook Comments