COMPARTILHAR

Ainda envolvido em uma maratona de partidas, o Palmeiras disputará a próxima edição do Campeonato Paulista com sua equipe reserva. No Estádio do Mineirão, o técnico Abel Ferreira confirmou a medida após a derrota contra o Atlético-MG, pela 38ª e última rodada do Brasileiro.

Com a final da Copa do Brasil no domingo, Abel usou Vinícius; Breno Lopes, Kuscevic, Renan e Vanderlan; Zé Rafael (Danilo); Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Lucas Esteves; Gabriel Silva (Marcelinho) e Wesley (Gabriel Veron). Na reserva, também ficaram Jailson, Mateus, Henri, Pedro Bicalho, Pedro Acácio, Robinho e Fabrício.

“Quero dizer, em primeiro lugar, que jogamos contra um grande adversário, que andou boa parte da temporada a lutar pelo título. Essa equipe que vocês viram aqui vai ser a equipe que vai disputar o Paulista. São esses jogadores, não temos outros”, avisou Abel.

O técnico poupou Weverton, Marcos Rocha, Mayke, Gustavo Gómez, Alan Empereur, Viña, Felipe Melo, Raphael Veiga, Willian, Luiz Adriano e Rony. Sem seus titulares, Abel Ferreira viu o Atlético-MG vencer com dois gols no segundo tempo, marcados por Jair e Eduardo Sasha.

“Acontecesse o que acontecesse aqui hoje, não alteraria nada o campeonato”, observou Abel. “Os jogadores, de forma geral, tiveram um bom comportamento. Gostei, de fato, dos jogadores da base que tem jogado menos. Mas essas são nossas segundas linhas”, completou.

Com 58 pontos, o Palmeiras encerra o Campeonato Brasileiro na sétima colocação. Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, com seus titulares descansados, o time alviverde entra em campo em Porto Alegre para enfrentar o Grêmio na primeira final da Copa do Brasil.