COMPARTILHAR
(Reprodução/Goias EC)

De volta à Série A depois de três anos, o Goiás se prepara para uma temporada complicada. Apesar disso, o clube foi ao mercado e se reforçou. Após dez dias de treinamentos, a equipe fará um jogo-treino diante do Capital, time do Distrito Federal.

No último treino antes do compromisso, o técnico Maurício Barbieri posicionou o time, comandou jogadas ensaiadas e finalizou os treinamentos com cobranças de pênaltis. Além disso, o comandante do Esmeraldino vê os seus jogadores bem, mas não garante uma equipe totalmente preparada.

“A gente teve uma evolução boa, mas foram apenas dez dias de trabalho. Não tem como montar uma super equipe em dez dias. Estamos no caminho certo. Não sei como vamos estar na estreia. A ideia é chegar o mais forte possível”, afirmou o treinador.

Para o confronto, o time deverá ir a campo com: Sidão; Caíque Sá, David Duarte, Rafael Vaz e Jefferson; Geovane, Marlone e Renatinho; Michael, Marcinho e Brenner. Mesmo assim, Barbieri prometeu que fará um rodízio no elenco, colocando praticamente todos os jogadores que tem à disposição.

“A ideia é alternar os jogadores, que eles possam ter uma minutagem parecida, e usar duas formações diferentes, alternando entre eles”, disse o técnico.

Em 2019, o Goiás irá disputar o Campeonato Goiano, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. A estreia oficial será diante do Goiânia, no domingo, dia 20, às 17h00 (horário de Brasília) pelo estadual.

Facebook Comments