COMPARTILHAR

Após enfileirar quatro vitórias consecutivas, o Palmeiras teve sua série de triunfos pelo Campeonato Brasileiro interrompida na noite deste sábado. No Estádio da Serrinha, com uma série de desfalques e Mayke expulso ainda no primeiro tempo, o time palestrino sofreu um gol nos acréscimos e perdeu por 1 a 0 do Goiás.

Com 34 pontos, o Palmeiras permanece na quinta colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Goiás, ainda em situação delicada, é o último colocado com 15 pontos, nove a menos que o Atlético-GO, primeiro time fora da zona de rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras volta a campo para enfrentar o Delfin às 19h15 (de Brasília) desta quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, como visitante. O Goiás, por sua vez, pega o Fortaleza às 20 horas de quinta, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Castelão.

O Jogo – O Palmeiras assustou no Estádio da Serrinha ainda nos primeiros segundos da partida. Em jogada pela direita, Luiz Adriano bateu para defesa de Tadeu. No rebote, o centroavante mandou para o gol novamente e o goleiro do Goiás espalmou para escanteio.

Na metade da etapa inicial, Luiz Adriano sentiu a coxa esquerda em uma arrancada e acabou substituído pelo estreante Fabrício. A situação do Palmeiras ficou ainda pior aos 38 minutos do primeiro tempo, quando Mayke entrou de sola no tornozelo de Taylon e acabou expulso com a ajuda do VAR.

Pouco depois, com o Goiás em vantagem numérica, Keko desceu pela esquerda e cruzou para Shaylon, de virada, perder a melhor chance da partida. O time da casa ainda levou perigo em finalização de Keko pela esquerda, defendida pelo goleiro Weverton.

No final do primeiro tempo, para recompor sua equipe após a expulsão, Abel Ferreira trocou Marcelinho e Lucas Lima por Gabriel Menino e Lucas Esteves. Na etapa complementar, mais recuado e compacto, o Palmeiras passou a defender com uma linha de cinco.

Mesmo com um a mais em campo, o Goiás sofria para construir oportunidades de gol. Na primeira chegada consistente do time da casa no segundo tempo, Jefferson recebeu de Keko pela esquerda e cruzou. Fernandão completou de cabeça e viu a bola sair à direita do gol de Weverton.

O Goiás conseguiu marcar o gol da vitória aos 47 minutos do segundo tempo. Miguel Figueira recebeu pela direita, carregou para o meio e arriscou de fora da área para marcar um golaço. Pouco depois, em rebote de Tadeu, Luan ainda quase empatou para o Palmeiras.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)

Data: 21 de novembro de 2020, sábado

Horário: 21h (Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (Fifa-RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Miguel Figueira (GOI); Renan, Gabriel Menino e Abel Ferreira (PAL)

Cartão vermelho: Mayke (PAL)

Gol:

GOIÁS: Miguel Figueira (47min do 2º Tempo)

GOIÁS: Tadeu; Taylon (Rafael Moura), Fabio Sanches, David Duarte e Jefferson (Rodrigues); Breno, Ariel Cabral (Miguel Figueira) e Gustavo Blanco (Alyson); Keko, Douglas Baggio e Fernandão (Shaylon)

Técnico: Augusto César

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Lucas Lima (Lucas Esteves), Ramires e Mayke; Marcelinho (Gabriel Menino) e Luiz Adriano (Fabrício e depois Luan)

Técnico: Abel Ferreira

Facebook Comments