COMPARTILHAR

Contra o Santos, Deyverson completou a trinca que todo jogador do Palmeiras, especialmente os de ataque, buscam: gols contra os três rivais paulistas. Foi dele o segundo tento na goleada por 4 a 0 sobre o Peixe.

Agora, o centroavante tem uma bola na rede contra cada um dos grandes rivais. Diante do Corinthians, o camisa 16 balançou as redes no dia 9 de setembro do ano passado, em triunfo por 1 a 0. No duelo, ele chorou, abraçou Felipão e provocou os alvinegros no Allianz Parque com uma piscadinha.

Já o gol contra o São Paulo saiu em 6 de outubro e foi histórico. O tento ajudou o Palestra a quebrar um tabu de 16 anos sem vitórias no estádio do Morumbi. Na ocasião, Gustavo Gómez foi quem garantiu o triunfo por 2 a 0.

Desde que chegou ao Palmeiras, em 2017, Deyverson soma 22 gols em 78 jogos. Ele viveu momentos de fortes críticas da torcida e polêmicas por seu comportamento em campo, que chegou a cuspir em um adversário.

Neste ano, ele iniciou a temporada disputando posição com Borja, teve ofertas da China para deixar o clube, mas recusou após conversar com Felipão. Hoje, não há dúvidas de quem é o centroavante titular do Palmeiras.

Facebook Comments