COMPARTILHAR

Emprestado pelo Kashima Antlers ao FC Tokyo, o ex-palmeirense Leandro vive uma boa fase no clube da capital japonesa. Em reta final de contrato, o atacante de 27 anos de idade relata procura de um clube brasileiro, mas deseja permanecer no futebol asiático.

Com 32 pontos, o FC Tokyo ocupa o terceiro lugar do Campeonato Japonês, atrás de Kawasaki Frontale (44) e Cerezo Osaka (39) e dentro da zona de classificação para a Champions League da Ásia. Quarto colocado na lista de artilheiros, Leandro acumula oito gols e cinco assistências em 16 partidas.

“Eu gostaria de permanecer pela Ásia, mas, se surgir uma boa oportunidade, não descarto nenhuma possibilidade”, disse Leandro, já livre para assinar com outro clube, uma vez que o contrato vence no fim da temporada. “Se tiver uma oportunidade muito boa para voltar ao Brasil, volto. Mas, no momento, meu desejo é permanecer”, explicou, à Gazeta Esportiva.

O estafe de Leandro já foi procurado por clubes do Brasil, dos Estados Unidos e dos Emirados Árabes. “Sou o artilheiro do time e também líder em assistências. Então, tenho evitado pensar muito no ano que vem, porque eu sei que muitas coisas boas ainda vão acontecer”, afirmou, otimista.

Envolvido na troca com o Grêmio pelo centroavante Hernan Barcos, Leandro disputou a Série B do Campeonato Brasileiro 2013 pelo Palmeiras como protagonista. Nos anos seguintes, porém, foi emprestado para Santos, Coritiba e Kashima Antlers, com quem fechou contrato em definitivo no fim de 2017.

Em 2018, como campeão da Champions League da Ásia, o time japonês disputou o Mundial de Clubes e terminou no quarto lugar. Nos Emirados Árabes, Leandro participou de dois dos três jogos do Kashima Antlers no torneio, incluindo a derrota por 3 a 1 diante do poderoso Real Madrid.

“Em 2018, aconteceram muitas coisas que nunca tinham acontecido na minha vida. Fiz cirurgias nos dois joelhos, fui campeão da Champions da Ásia e disputei o Mundial, mesmo sem estar 100% fisicamente. Todo jogador sonha em participar desse torneio e foi uma experiência incrível”, disse Leandro, disposto a buscar novos feitos no futebol asiático.

Bruno Ceccon

Facebook Comments