COMPARTILHAR

O empate diante do Santos no último domingo deixou o Fluminense em situação difícil na busca por uma vaga direta na Libertadores. O Tricolor tem apenas mais um jogo neste Brasileirão, contra o Fortaleza, no Maracanã, e precisa tirar uma diferença de dois pontos para o São Paulo.

O Tricolor paulista entra em campo nesta segunda-feira para enfrentar o Botafogo, mas ainda enfrenta o Flamengo na última rodada. Portanto, o São Paulo pode somar no máximo um ponto nesses dois jogos. Se vencer o Alvinegro, já rebaixado e cumprindo tabela, os paulistas garantem a vaga no G-4.

“É concentrar nossa força toda no jogo contra o Fortaleza, tentar fazer o nosso melhor, deixar tudo dentro campo. O apoio, a energia boa do nosso torcedor, que tem acontecido, tem chegado para gente, e é muito legal viver esse momento. Mais uma vez a gente pede demais o apoio deles para que nossos jogadores façam uma excelente partida e consigam a vitória tão importante e, com certeza, alguma coisa boa vai acontecer. Esses meninos estão se dedicando ao máximo, com muita entrega, muita responsabilidade com a nossa camisa, nossa instituição. Tenho certeza que vai acontecer alguma coisa muito boa pare eles”, afirmou o técnico Marcão após o empate em 1 a 1 na Vila Belmiro.

Mesmo que fique em quinto lugar no Brasileiro, o Flu ainda pode escapar da pré-Libertadores se o Palmeiras vencer o Grêmio na final da Copa do Brasil. Campeão da Libertadores, o Verdão já tem vaga garantida na competição continental, e o Brasileiro terá um “G-5”.

Se a classificação do Fluminense depender da Copa do Brasil, o clube terá outro problema. O segundo jogo da final da Copa do Brasil acontece em 7 de março, apenas dois dias antes do confronto com o Ayacucho-PER, na segunda fase da pré-Libertadores. Se o Grêmio vencer e a Conmebol não adiar a partida, o Tricolor Carioca terá apenas dois dias para se preparar.

Gazeta Press