COMPARTILHAR

O tão sonhando acesso ao Campeonato Brasileiro da Série A do ano que vem, está prestes a se concretizar pelo Goiás Esporte Clube.

O time goiano disputo a primeira divisão nacional em 2015, quando foi rebaixado. De lá para cá o esmeraldino não conseguiu fazer boas campanhas, inclusive brigando para não cair para a Série C em 2016 e 2017.

Esse ano parecia que o filme de terror esmeraldino iria se repetir, no entanto com a chegada de Ney Franco, a história mudou de figura. O treinador que não teve tempo para treinar o time, mesmo com a Copa do Mundo acontecendo, a série B continuou com bola rolando.

A partir daí com a experiência do treinador, o Goiás saiu da zona do rebaixamento e chegou a ser vice-líder da competição. Hoje o esmeraldino goiano ocupa a terceira colocação com 57 pontos.

Para confirmar o acesso à elite do futebol nacional, o Goiás precisa vencer o Coritiba fora de casa na noite desta sexta-feira (9/11) no Estádio Couto Pereira e torcer para que Londrina (PR) e Ponte Preta (SP) não vençam os seus respectivos duelos.

Para a partida diante do coxa, no Paraná, o comandante Ney Franco, não poderá contar com os meias João Afonso e Léo Sena, suspenso por terem recebido o terceiro cartão amarelo na partida em que o verde venceu o Sampaio Corrêa pelo placar de 1 a 0.

Escalações:

Coritiba-PR: Rafael Martins;Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alan Costa e Abner;Vitor Carvalho, Wellington Simião e Chiquinho;Guilherme, Guilherme Parede e Alecsandro.

Técnico: Argel Fucks

Goiás: Marcos;Alex Silva, David Duarte, Victor Ramos e Ernandes;Gilberto, Felipe Gedoz (Ratinho) e Giovanni;Michel, Lucão e Maranhão.

Técnico: Ney Franco

Arbitragem:
Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Facebook Comments