COMPARTILHAR

Os presidentes de São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Santos se reuniram com o presidente da Federação Paulista de Futebol na tarde desta sexta-feira em um restaurante da região dos Jardins, na região central da capital paulista.

Não houve uma pauta específica para o encontro, porém, Leco, Maurício Galiotte, Andrés Sanchez e José Carlos Peres aproveitaram a ocasião para apresentar algumas demandas a Reinaldo Carneiro Bastos.

Cartolas se reuniram em um restaurante na região central da capital

No ano passado, os presidentes dos quatro grandes clubes de São Paulo já haviam se reunido para alinhar uma estratégia que pudesse alavancar a liberação de bebidas alcoólicas nos estádios do estado, o que acabou não dando certo, apesar de ser uma receita importantíssima para os cofres das agremiações.

A reunião desta sexta-feira também simboliza uma reaproximação importante do Palmeiras com a Federação Paulista de Futebol. O clube alviverde havia rompido relações com a entidade por conta da polêmica da arbitragem ocorrida na final do Paulistão de 2018, contra o Corinthians.

Na ocasião, o árbitro Marcelo Aparecido marcou pênalti de Ralf em Dudu, porém, após alguns minutos, voltou atrás e anulou a infração. Com o título do Corinthians em pleno Allianz Parque, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, enfurecido, chegou a chamar o Campeonato Paulista de “Paulistinha” e, assim, o clube se afastou da FPF.

Facebook Comments