COMPARTILHAR

O River Plate se classificou às oitavas de final da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira. Jogando no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, o time argentino venceu o Palestino, do Chile, por 2 a 0, em duelo válido pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos do torneio continental.

Com o resultado, o atual campeão da Libertadores chegou aos nove pontos, na segunda colocação do Grupo A, liderado pelo Internacional, com 10. Como abriu cinco pontos de vantagem sobre o Palestino, o River garantiu sua vaga no mata-mata do torneio. O Alianza Lima, do Peru, é o lanterna da chave, com um mísero ponto.

Pela sexta e última rodada da fase de grupos, o River Plate recebe o Inter no próximo dia 7, no Estádio Monumental de Núñez. No mesmo dia e horário, o Palestino visita o Alianza Lima, no Peru.

Contando com apoio numeroso de sua torcida em Santiago, o River começou melhor e largou na frente. Aos 30 minutos do primeiro tempo, o meia Ignacio Fernández cobrou falta na área, e o zagueiro Javier Pinola mergulhou para cabecear no chão, sem chances de defesa para o goleiro González.

No fim da primeira, o Palestino teve uma boa chance de empatar. Após não conseguir segurar cruzamento, o goleiro Franco Armani precisou tirar a bola fora da área com a mão. Na cobrança de falta, Jiménez levou algum perigo, mas mandou por cima do gol.

Os chilenos até esboçaram uma pressão no início da etapa complementar, mas foram os argentinos quem balançaram as redes. Aos 18 minutos, Fernández recebeu lançamento na área e viu o goleiro González sair mal para ficar com o gol aberto e ampliar a vantagem do River.

A situação do Palestino ficou ainda mais difícil aos 27 minutos, quando o volante Julián Fernández cometeu falta dura em Enzo Pérez, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Em vantagem numérica, o River Plate administrou bem o placar e confirmou sua classificação às oitavas da Libertadores.

Facebook Comments