COMPARTILHAR

O Estádio Internacional de Yokohama, no Japão, guarda em sua história de grandes jogos para o futebol brasileiro, como a final da Copa do Mundo de 2002, entre Brasil e Alemanha, que deu o pentacampeonato do mundo para a Seleção Brasileira. A delegação da Seleção Olímpica foi até o estádio, na tarde desta quarta-feira, no horário local, para fazer o reconhecimento do gramado que será palco da estreia da equipe nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

A maioria dos 22 jogadores convocados por André Jardine era bem pequena quando Ronaldo fez os dois gols sobre Oliver Kahn na final da Copa.

“Eu tinha só três anos. Mas sempre ouvi do meu pai sobre esse dia. E com a internet a gente conhece a história. Ronaldo era espetacular. Eu só espero que nós também possamos escrever o nosso capítulo nesse estádio. É muito bonito”, disse o atacante Matheus Cunha.

Os jogadores passaram cerca de vinte minutos conhecendo as instalações do estádio.

Coincidentemente, o adversário desta quinta-feira será novamente a Alemanha. O Adversário é o mesmo da decisão da última Olimpíada, na Rio 2016, quando o Brasil conquistou sua primeira medalha de ouro. A bola rola às 8h30 (de Brasília).