COMPARTILHAR

Tchê Tchê voltará a ficar à disposição do São Paulo no confronto do próximo domingo, com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Caso receba uma oportunidade de entrar em campo, o volante terá a missão de mostrar à imprensa e torcida que a rixa com o técnico Fernando Diniz já está no passado.

Na última quarta-feira, durante a goleada sofrida para o Red Bull Bragantino, por 4 a 2, Fernando Diniz acabou perdendo a paciência com Tchê Tchê após o jogador proferir a seguinte frase: “Todo mundo pode falar com você, eu não posso?”.

Irritado com o questionamento do camisa 8 tricolor, Fernando Diniz ignorou a grande exposição da partida, transmitida em TV aberta, e acabou xingando o jogador, utilizando termos como “mascaradinho”, “perninha”, “ingrato”, além de palavras de baixo calão.

O episódio repercutiu bastante nos últimos dias, e Fernando Diniz acabou pedindo desculpas ao jogador, de forma particular e também na frente do elenco, tentando virar a página em meio ao caos batendo à porta do São Paulo na reta decisiva do Campeonato Brasileiro.

Apesar do pedido de desculpas e de aparentemente as diferenças terem sido resolvidas, especulações envolvendo Fernando Diniz e Tchê Tchê seguem girando em torno do vestiário do São Paulo nestes últimos dias. Justamente por isso, a partida contra o Athletico-PR, neste domingo, é uma ótima oportunidade para jogador e técnico mostrarem que a discussão ficou para trás.

Líder do Campeonato Brasileiro, com 56 pontos, o São Paulo tem três tentos a mais que o Internacional, segundo colocado. Justamente por isso, a partida contra o Furacão, em Curitiba, é tratada como uma verdadeira final, já que, dependendo da combinação de resultados, o Tricolor pode dar adeus à ponta da tabela e ver as chances do heptacampeonato brasileiro ficarem cada vez menores.

Facebook Comments