COMPARTILHAR

Aos 36 anos de idade, o lateral direito Daniel Alves, recentemente contratado pelo São Paulo, ganhou elogios de Tite. No dia em que divulgou a convocação para os amistosos contra Colômbia e Peru, o técnico manteve as portas da Seleção Brasileira abertas aos veteranos.

“O Daniel tem importância técnica porque joga muito. Se não estivesse jogando muito, ficaria aqui do lado com a comissão técnica”, brincou Tite. “Ele se cuida fora do campo, é um líder positivo e irradia confiança para quem está do lado”, acrescentou.

Em relação ao time que conquistou a última edição da Copa América, o experiente zagueiro Miranda, de 34 anos, foi uma das ausências na lista para os dois amistosos. Questionado se, eventualmente, entraria em contato com algum veterano para comunicar o fim de sua trajetória pela Seleção, Tite negou com convicção.

“Mantenho contato com todos os jogadores e nunca vou encerrar a carreira de alguém. Nunca. Não me dou esse direito. Que joguem em alto nível. Pego o exemplo do Dani Alves”, disse Tite, citando seu experiente capitão na vitoriosa campanha da Copa América.

Os confrontos com Colômbia e Peru estão marcados para os dias 6 e 10 de setembro, respectivamente. O primeiro jogo do time dirigido por Tite após o título continental será disputado no Hard Rock Stadium (Miami) e o segundo, no Los Angeles Memorial Coliseum.

Na galeria de veteranos dos convocados, além de Daniel Alves, estão o goleiro Weverton (31), o lateral direito Fagner (30) e o zagueiro Thiago Silva (34). Tite também chamou alguns jovens talentos, entre eles o atacante Vinicius Junior (19), do Real Madrid.

console.log(‘Aud01’);

Facebook Comments