COMPARTILHAR

O técnico interino do São Paulo, Marcos Vizolli, comentou sobre a falha bizarra de Tiago Volpi já nos acréscimos do segundo tempo que custou o gol do Ceará no empate em 1 a 1 no Morumbi. Ao tentar driblar o atacante do Vozão, o goleiro são-paulino foi desarmado, vendo os visitantes abrirem o placar faltando poucos minutos para o apito final.

Graças à persistência de Luciano, o Tricolor evitou mais uma derrota em 2021 com um gol aos 51 minutos da etapa complementar, mas a falha de Tiago Volpi não foi esquecida pelos torcedores.

“Não podemos esquecer que o Volpi já fez muitos milagres para o São Paulo. É que no momento em que estamos, qualquer situação nos deixa em baixa. Nesse Brasileiro ele já pegou uns cinco pênaltis, fez grandes defesas. Temos um treinador experiente de goleiros, que é o Marquinhos, que vai saber trabalhar com ele”, afirmou Vizolli.

Com um perfil mais moderado em comparação com Fernando Diniz, o auxiliar fixo do São Paulo, que vem substituindo o agora ex-comandante tricolor, também revelou o abatimento de Tiago Volpi após a falha.

“Ele ficou muito triste, chateado. Com certeza, ele não vai fazer mais isso. Se fizer uma segunda vez, vai ser complicado. É triste, mas não dá para jogar a culpa em um atleta que é exemplo dentro do clube”, completou Vizolli.

Com o empate, o São Paulo se manteve na quarta colocação da tabela e, embora haja chance matemática de título, uma vaga direta à fase de grupos da Libertadores passou a ser o novo foco do elenco, fragilizado com o fato de ainda não ter vencido em 2021.