COMPARTILHAR

Nesta terça-feira, em entrevista coletiva, o zagueiro uruguaio Bruno Méndez, do Internacional, disse que agora o foco é para o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores contra o Olímpia, e que os companheiros da equipe ressaltaram a dificuldade de jogar como visitante no Paraguai.

“Vai ser uma partida muito física. Eles (jogadores do Inter) já enfrentaram na Fase de Grupos, e eu não estava aqui. Falaram que é bem duro jogar lá no Paraguai. Os dois times vão sair com tudo.”

O confronto acontece nesta quinta, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Manuel Ferreira, no Paraguai.

Destaque no Gre-Nal

Destaque, principalmente, nas bolas áreas, Bruno comentou que sabia da importância do Gre-Nal e tentou se preparar o máximo mentalmente. “Eu sabia que o Gre-Nal, aqui no Sul, é um jogo a parte. É um torneio a parte. É uma guerra.”

Com a companhia de Víctor Cuesta na defesa, o uruguaio ficou muito contente em ter o atleta ao seu lado e disse que o técnico Diego Aguirre trabalhou as bolas áreas para o clássico, já que Diego Souza dá trabalho no ataque. “Em cada bola área, para a gente era a última.”

O próximo jogo do Internacional no Brasileiro é neste domingo contra o Juventude, às 20h30, no Beira-Rio.