COMPARTILHAR
Foto: Fábio César

O que dá pra fazer em dois milésimos de segundo? Essa pequena fração de tempo foi suficiente para Josué Ferreira, o Buchecha, vencer a prova da categoria 300cc Master neste domingo (7/7), pela 2ª etapa do Goiás Superbike e 3ª do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. O bom público presente no Autódromo de Goiânia viu essa e outras corridas acirradíssimas, definidas com auxílio preciso da cronometragem.

Buchecha se fez valer da experiência para faturar o troféu. Sete vezes campeão goiano e bicampeão brasileiro, ele bem que poderia ter acelerado mais durante a disputa, pois estreava pneus novos que deixaram a moto mais potente. No entanto, preferiu acompanhar a cadência dos adversários para evitar a mistura com outro pelotão que estava na frente. “Se fosse melhorar o tempo na prova, eu ia acabar entrando na briga de outra categoria. Achei melhor não”, disse.

O líder da 300cc Master fechou as 12 voltas com o tempo de 21’19’’150, seguido por Elton Nunes, com 21’19’’152. A vitória tão apertada foi definida por ele como o ‘pulo do gato’. “A briga foi intensa desde a primeira volta, mas o que fez a diferença foi a estratégia na hora de mudar de marcha”, comentou o piloto goiano, que nunca havia vencido por uma diferença tão pequena de tempo.

A Sport 300cc protagonizou outro duelo apertado, com o atual bicampeão goiano Bruno César vencendo Rafael Rosa pela diferença de 26 centésimos de segundo. Esse embate é antigo já que, no ano passado, durante etapa do Goiás Superbike, a diferença entre eles foi de apenas um milésimo. “Nossas motos são muito parecidas, então o que conta mesmo é a estratégia e a sorte, que tem que estar a favor”, comentou Bruno César.

Um dos pilotos mais novos da competição, o brasiliense Caíque Lanna teve motivo em dobro para celebrar. No sábado, comemorou o seu aniversário de 14 anos junto à sua equipe de box. E, neste domingo, foi o mais rápido do dia na categoria Supersport 500cc. “Um grande presente! Larguei na segunda colocação, mas já na segunda volta me garanti na liderança e mantive até o fim”, disse o aniversariante, que venceu com pouco mais de um décimo de segundo de diferença.

Na 600cc, Indiana Munoz fez uma boa prova, mas acabou desclassificada por motivos técnicos e cedeu o lugar mais alto do pódio para o paulista Michel Velludo. Pelas categorias Escola, os mais rápidos do dia foram Welber Barros (600cc) e Valter Pereira (1000cc). Na categoria de base, os campeões foram Marcos Antônio de Queiroz (150cc Master) e Ricardo do Amaral (150cc).

Pela 300cc Light, quem triunfou foi Michael Barcelos, que veio de Fortaleza para competir. Na SBK Pro, onde as motos alcançam a marca dos 300km/h, o paulista Danilo Lewis venceu com ampla vantagem e lidera tanto o campeonato brasileiro quanto o goiano. Já pela SBK Master, Fernando Sobral foi o destaque do dia.

A 3ª etapa do Goiás Superbike será realizada no dia 11 de agosto, no Autódromo de Goiânia. Já o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade só volta a ter prova oficial em 6 de outubro, quando os pilotos desembarcam na cidade mineira de Curvelo.

Confira os primeiros colocados da 2ª etapa do Goiás Superbike e 3ª do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade:

SBK Pro (BR e GO)

1º Danilo Lewis

2º Kioman Munoz

SBK Light (BR)

1º Danilo Costa

2º Jacob Larchet

SBK Light (GO)

1º Romes Pereira

SBK Master (BR)

1º Fernando Tavares

2º João Ricardo Reis

SBK Escola 1000cc (GO)

1º Valter Pereira

2º Daniel Sanches

SBK Escola 600cc (GO)

1º Welber Barros

2º Marcelo Dutra

SuperSport 500cc (BR e GO)

1º Caíque Lanna

2º Matheus Barbosa

SuperSport 600cc (BR e GO)

1º Michel Velludo

2º Antônio Carlos

Sport 300cc (BR e GO)

1º Bruno César

2º Rafael Rosa

Sport 300cc Light (GO)

1º Michael Barcelos

2º Wesley Silva

300cc Master (BR e GO)

1º Josué Ferreira

2º Elton Nunes

Sport 150cc (GO)

1º Ricardo do Amaral

2º Wesley dos Reis

150cc Master (GO)

1º Marcos Antônio de Queiroz

2º Wellington Cardoso

O Goiás Superbike tem supervisão da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG) e realização da Associação Goiana de Jet e Moto. Conta com apoio do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Esporte. Tem como patrocinadores master a Future Motors, Mobil e Pirelli.

Facebook Comments