COMPARTILHAR

O time de handebol masculino do Brasil estreia nos Jogos Olímpicos na sexta-feira, às 21h00 (de Brasília). A equipe comandada por Marcus Tatá enfrenta a Noruega e conta com fortes oponentes no Grupo A.

O armador esquerdo Haniel Langaro analisou o futuro da equipe nas Olimpíadas: “Estamos num grupo com grandes favoritos, mas a gente veio para brigar com o objetivo de chegar em uma medalha. Já provamos que podemos jogar de igual para igual. O ápice do nosso time foram os Jogos do Rio de 2016, depois a gente apareceu para o mundo.”

“Grandes jogadores estão em grandes clubes da Europa. Nosso nível caiu um pouco nas últimas competições, mas os Jogos Olímpicos são uma grande janela e porta para colocar de novo o handebol no grupo dos melhores”, completou.

Haniel Langaro, que joga no Barcelona. (Foto: Reprodução/Instagram)

Após perder as últimas Olimpíadas, o ponta esquerda Felipe Borges entende que a preparação da equipe em Portugal e no Japão ajudou o time: “Encontramos uma estrutura ótima, tudo organizado pelo COB. Estou muito ansioso para começar logo porque estamos só treinando – precisamos jogar. Aquele friozinho na barriga é bem-vindo.”

“Estamos num grupo fortíssimo, mas vamos fazer nosso melhor a cada jogo, estamos trabalhando em cima dos vídeos contra os adversários. Chegamos para incomodar”, acrescentou.

Além da Noruega, os brasileiros também jogarão contra Alemanha, Argentina, Espanha e França. Quatro equipes de cada grupo se classificam às quartas de final do torneio.

Confira os jogos do time brasileiro masculino de handebol em Tóquio (horários de Brasília)

23/07 – Brasil x Noruega, às 21h00

25/07 – Brasil x França, às 21h00

28/07 – Brasil x Espanha, às 07h30

29/07 – Brasil x Argentina, às 21h00

01/08 – Brasil x Alemanha, às 07h30