COMPARTILHAR

Os clubes mais ricos do futebol europeu perderam mais de dois bilhões de euros em receitas nas temporadas 2019/20 e 2020/21, segundo o relatório “Football Money League”, da consultoria Delloite. As perdas são consequências da pandemia de covid-19.

Entre os principais fatores que impactaram as finanças dos times estão a ausência de torcida nos estádios e a redução do valor pago pelas transmissões dos jogos. O relatório estima que essas medidas acarretaram em diminuição de 17% e 23% nas receitas, respectivamente.

A consultoria apontou ainda que o clube que mais sofreu com a queda de ganhos financeiros foi o Barcelona. Os catalães perderam cerca de 500 milhões em decorrência dos impactos da covid.

Na última segunda-feira o Barça divulgou que possui uma dívida de 730 milhões de euros para ser quitada no curto prazo, sendo 126 milhões relacionadas à transferência de jogadores