COMPARTILHAR

Mesmo com problemas financeiros, o Santos segue se reforçando e buscando nomes para fortalecer o elenco. Nesta quarta-feira, o presidente do clube, Andres Rueda, revelou que chegou a consultar as situações dos jogadores Felipe Anderson, Fernandinho e Andreas Pereira, porém não deu andamento nas negociações por conta dos altos valores.

“Entrei em contato com três jogadores. Sabia que ia ser difícil, mas liguei por curiosidade. Um é o Felipe Anderson. Eu nem fiz convite, perguntei sobre os vencimentos: R$ 1,4 milhão. O segundo foi o Fernandinho. Ele disse que pensou em voltar ao Brasil, mas tinha acabado de renovar com o Manchester City. E o terceiro é meu xará, Andreas Pereira, que está louco para jogar aqui, ganhava menos que o Felipe Anderson, R$ 1,2 milhão”, disse o mandatário em entrevista ao programa “De Olho no Peixe”.

Fernandinho atualmente joga pelo Manchester City, enquanto Felipe Anderson e Andreas Pereira estão emprestados a Lazio e Porto, respectivamente. Os direitos de Felipe pertencem ao West Ham, e os de Andreas ao Manchester United.

A diretoria alvinegra, no entanto, vem buscando reforços que caibam no orçamento do clube, para impedir que os mesmos erros do passado sejam cometidos e a dívida aumente.

“A torcida tem todo direito de pedir quem ela imagina, mas a gestão não pode pensar com o coração, e sim com a razão. Estaremos sempre olhando o mercado para contratações pontuais. No nosso modelo de contratações, quem tem que dizer em qual área estamos carentes é a comissão técnica. Uma vez feito isso, temos uma área de scouts que basicamente diz se vale a pena ou não. Terceiro ponto é saber se cabe no bolso”, explicou.

“Hoje, o Santos não tem condição agora de pagar R$ 1,5 milhão de euros ou mais para trazer jogador. Não adianta. A menos que a gente cometa o mesmo erro de sempre: comprar e não pagar. Nesse momento, temos condições de trazer por empréstimo, sem pagar comissão a empresário. E o salário tem que estar dentro da nossa realidade”, completou Rueda.

Nesta temporada, o Santos trouxe o zagueiro Danilo Boza, o lateral-esquerdo Moraes, o atacante Marcos Guilherme e, mais recentemente, os meio-campistas Vinicius Zanocelo e Camacho. Os dois últimos já foram regularizados no BID e estão à disposição do técnico Fernando Diniz para estrear.