COMPARTILHAR

Aos 34 anos de idade, Willian tem sido um dos principais jogadores do Palmeiras na temporada. Com o gol marcado na goleada sobre o Delfín, na quarta-feira, o atacante se tornou o artilheiro do clube em 2020 ao lado de Luiz Adriano, ambos com 15 tentos.

O bom momento do camisa 29 tem relação com seu novo posicionamento. Sob o comando de Abel Ferreira, Willian passou a atuar como referência no ataque alviverde. Em entrevista exclusiva para a Gazeta Esportiva, o jogador falou sobre a nova função e disse que o antigo comandante, Luxemburgo, já tinha iniciado a mudança.

“Já me vejo jogando nessa função ali na frente, mais avançado, desde a chegada do Luxemburgo. Ele conversou comigo, disse que ia me usar pelo lado, mas queria muito que eu fizesse essa função, até porque nós só temos o Luiz (Adriano). Ele queria me colocar ali quando o Luiz não pudesse jogar, ou até mesmo como um segundo atacante. Ele via muito meu potencial de finalização, queria me deixar mais perto do gol, não somente no corredor, pelo extremo. Eu sei também que é a tendência, jogar cada vez mais avançado”, detalhou.

O Palmeiras vive seu melhor momento na temporada. Classificado para as semifinais da Copa do Brasil e com lugar garantido nas quartas de final da Libertadores, o Verdão é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos. Nos últimos 13 jogos, foram 11 vitórias, um empate e apenas uma derrota, além de 34 gols marcados e cinco sofridos.

Agora, o Alviverde se prepara para o clássico contra o Santos, às 19h (de Brasília) deste sábado, pela 24ª rodada do Brasileirão, na Vila Belmiro. O confronto é direto por um lugar no G4 da competição.

Facebook Comments