COMPARTILHAR

Após a eliminação nas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a Seleção Feminina passou por uma renovação para os dois primeiros compromissos após as Olimpíadas. Nesta segunda-feira, Yasmin teve a oportunidade de vestir a amarelinha pela primeira vez.

E a estreia da lateral foi do melhor jeito possível. Chamada por Pia Sundhage durante o intervalo de Brasil e Argentina, a atleta do Corinthians anotou um gol e uma assistência.  Após o triunfo por 4 a 1, ela celebrou a atuação e a chance de defender o seu país.

“Foi um sonho. Fiz algumas visualizações, imaginei o que poderia acontecer, mas não imaginei que seria assim. Estou muito, muito feliz. As pessoas que me conhecem sabem o quanto trabalhei. Estou muito feliz porque sei que essas pessoas também estão felizes. Foi muito bom o que aconteceu aqui hoje, porque eu estreei com a camisa da Seleção. Uma assistência e um gol, não teria melhor momento para isso”, disse.

Quem também balançou as redes pela Seleção pela primeira vez nesta tarde foi Kerolin. A atacante, que ficou afastada dos gramados por dois anos por conta de um resultado de exame de antidoping, dedicou o gol a todos que a apoiaram nos momentos mais difíceis e agradeceu a técnica Pia.

“Estou muito feliz, quero dedicar esse gol para a minha família, que esteve comigo nesse momento, agora poder voltar e estar aqui presente, vivenciando esse momento. Estou tentando aproveitar o máximo, aprender o máximo com todas, com a Pia. É só gratidão, felicidade. E entender, esperar o momento e que passo a passo a gente chega lá”, declarou.

“Continuei perseverando, acreditando, tendo bastante fé. Sou extremamente grata pela Pia, por me dar uma oportunidade maravilhosa. Voltar e ser titular, é algo pelo qual serei grata eternamente. É diferente. Me sinto especial, acolhida, quero honrar a camisa da Seleção muito mais e mostrar para a Pia que valeu a pena tudo que ela tem feito para mim desde que voltei”, completou.

E na opinião da experiente zagueira Érika, as novidades do Brasil para esses dois amistosos contra a Argentina estão aprovadas.

“O objetivo era esse, começar com uma renovação, dar continuidade ao nosso trabalho, ela fazer algumas mudanças nesse sentido, de renovar a equipe”, analisou.