COMPARTILHAR

Por mais faça modificações entre as partidas, Abel Ferreira tem sua espinha dorsal no Palmeiras desde o fim do ano passado. Dentre as posições no time, a que parece estar mais aberta é a ponta esquerda. Recentemente, Gabriel Veron ganhou oportunidades e promete brigar com Gustavo Scarpa pela vaga.

Além de ter sido titular na vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians, o atacante de 19 anos começou jogando na derrota por 3 a 2 para o Ceará na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Antes, o jovem também foi a aposta de Abel no segunda partida da Recopa Sul-Americana, contra o Athletico Paranaense.

Dessa forma, o treinador português deixa claro que Scarpa não é dono da vaga pelo lado esquerdo do ataque. O camisa 14 foi titular na final da Libertadores de 2021 e na decisão do Mundial de Clubes, oferecendo uma polivalência que confere flexibilidade ao time. Mesmo assim, Abel tem buscado alternativas para o sistema ofensivo.

Veron não tem o mesmo poder de recomposição de Scarpa, mas é um dos jogadores mais habilidosos do elenco no enfrentamento individual. Com ele em campo, o Palmeiras passa a ter dois pontas agudos e com boa capacidade de drible para furar sistemas defensivos.

O atacante, inclusive, é o atleta do elenco com a maior sequência de partidas consecutivas neste momento. Veron entrou em campo nas últimas 12 partidas disputadas pelo Verdão, considerando também as ocasiões em que saiu do banco de reservas.

Na entrevista coletiva concedida após o Derby, Abel falou sobre as avaliações apressadas quanto ao desempenho de promessas: “O problema na nossa vida e no futebol são as expectativas. O Palmeiras tem muitos jovens, e infelizmente aqui as pessoas querem tudo para ontem. Vivemos um tempo em que uma hora é um minuto”.

2021 foi um ano complicado para Veron, que sofreu com problemas físicos e ficou um tempo considerável afastado dos gramados. Durante toda a temporada, disputou apenas 20 partidas. Livre de lesões neste ano, o atacante já foi utilizado por Abel em 21 jogos em 2022.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Emelec-EQU, às 21h (horário de Brasília), em Guayaquil. O time alviverde lidera isoladamente o grupo A, com seis pontos e um impressionante saldo de 11 gols.