COMPARTILHAR

A edição de 2022 do Rio Open ganhou a participação de mais um top 10. Após confirmar o italiano Matteo Berrettini, o atual número sete do mundo, e também a sensação espanhola Carlos Alcaraz, o maior torneio de tênis da América do Sul anunciou o norueguês Casper Ruud, o oitavo do ranking da ATP. Quem também teve presença confirmada é o medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o espanhol Pablo Carreno Busta. A competição acontecerá de 12 a 20 de fevereiro no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Aos 22 anos, Ruud fez a melhor temporada da sua carreira em 2021 e bateu diversos recordes. O tenista conquistou o título em cinco torneios e se tornou o primeiro norueguês da história a ser top 10 na ATP. O grande ano de Ruud foi coroado com uma vaga no ATP Finals.

A primeira participação de Ruud no Rio Open foi na edição de 2017, quando foi convidado. Na época, o tenista figurava na 208ª colocação do ranking e surpreendeu todos com uma grande campanha, chegando até a semifinal do torneio. Desde então, o norueguês esteve em todas as edições do torneio carioca.

“Estou muito feliz de jogar o Rio Open. Não tivemos o torneio no ano passado e desde que comecei a jogar no Rio, alguns anos atrás, o evento sempre fez parte do meu calendário. Foi no Rio que tive o meu primeiro grande resultado, alcançando a semi como Wild Card e estou muito animado para voltar e tentar ir além no ano que vem,” disse Casper Ruud.

Pablo Carreño Busta. (Foto: Divulgação/Rio Open)

Também garantido no Rio Open, Pablo Carreno Busta é dono de seis títulos de ATP e o atual número 20 do ranking. Em 2021, além de conquistar os títulos no ATP 500 de Hamburgo e também no ATP 250 de Marbella, o tenista foi medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, derrotando o atual número um Novak Djokovic na disputa pela medalha.

“O Rio Open é um torneio muito especial para mim. Em 2017 eu fui campeão de duplas e vice de simples e estou pronto para voltar para as quadras de saibro do Jockey Club e jogar diante da torcida brasileira,” comentou Carreño Busta. 

Para Luiz Carvalho, Diretor do Rio Open, “é uma satisfação enorme já poder contar com dois top 10, com o Alcaraz e com um medalhista olímpico como o Carreño Busta. O Ruud a gente viu se transformar aqui nessas quadras do Jockey e vai ser especial tê-lo conosco agora como top 10”.