COMPARTILHAR

A decisão feminina do Aberto dos Estados Unidos traz duas realidades diferentes entre as adversárias. De um lado, a consagrada Serena Willians, 37 anos, carrega a experiência de grandes batalhas diante da jovem canadense Bianca Adreescu, de apenas 19 anos, que começa a surgir com destaque no circuito.

Profissional desde 1995. quando Andreescu nem sequem era nascida, Serena é oitava colocada do ranking da WTA no momento e tenta retomar o auge depois do período de pausa em virtude de sua gravidez. A lendária norte-americana busca simplesmente o seu 24º título de Grand Slam e o 73º da carreira.

Andreescu, em contrapartida, disputa os torneios profissionais desde 2017 e atualmente é a 15ª do ranking do mundial. A canadense soma apenas dois títulos na WTA e busca uma conquista inédita em torneios de Grand Slam.

Na questão da premiação, a diferença entre as atletas também é avassaladora. Serena já faturou US$ 90,6 milhões (quase R$ 371 milhões) contra US$ 2,4 milhões (pouco mais de R$ 9,8 milhões) de Andreescu.

Curiosamente, a vantagem no confronto é da jovem canadense. Em apenas um jogo disputado entre as atletas, em Toronto (Canadá), Serena desistiu quando perdia por 3 a 1 no primeiro set.

Facebook Comments