COMPARTILHAR

O Sada Cruzeiro (MG), líder da Superliga masculina de vôlei 20/21, confirmou o favoritismo na rodada deste domingo. O time mineiro assegurou mais uma vitória na competição, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), diante do Pacaembu Ribeirão (SP) por 3 sets a 0 (25/20, 25/15 e 25/19).

O oposto Oppenkoski, que substitui Alan, poupado com dores no pé esquerdo, saiu de quadra premiado com o Troféu VivaVôlei como melhor da partida. “Estou muito feliz de poder estar jogando e conseguir substituir o Alan, que é um grande jogador. Fico feliz demais com essa oportunidade. Uma vitória como essa de hoje dá ainda mais confiança para o nosso time e vamos chegar firmes no playoff”, afirmou.

Outros dois jogos movimentaram a Superliga.  Em São Paulo (SP), na Vila Leopoldina, o Sesi-SP contou com Murilo atuando novamente como ponteiro e conseguiu uma boa vitória sobre o Vôlei UM Itapetininga (SP). A equipe dirigida pelo técnico Marcelo Negrão venceu por 3 a 0, com parciais de 25/20, 27/25 e 25/20.

Outro time mineiro saiu com a vitória neste domingo. O Minas Tênis Clube (MG) levou a melhor sobre o Azulim/Gabarito/Uberlândia (MG) em um duelo particular entre pai e filho. Vitória do filho, Henrique Honorato, sobre o pai, Manoel Honorato, por 3 sets a 0 (25/16, 225/16 e 28/26).