COMPARTILHAR

Os times mineiros do Sada Cruzeiro e do Fiat/Minas fazem jogos atrasados nesta quarta-feira (13) devido a participação dos dois no Campeonato Sul-Americano de Clubes – onde a equipe cruzeirense foi campeã. O grupo minastenista está no interior de São Paulo para enfrentar o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão às 19h.

A partida no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), marca o encontro do segundo com o terceiro colocado. O Cruzeiro tem 51 pontos (18 vitórias e duas derrotas), enquanto o EMS Taubaté Funvic soma 44 pontos, após 16 resultados positivos e quatro negativos.

Para a partida de amanhã, a equipe mineira aposta no fator casa para conseguir mais um resultado positivo na tabela. O ponteiro Taylor Sander, um dos destaques do Sada Cruzeiro nesta temporada, falou sobre a preparação para enfrentar o adversário desta quarta-feira.

“Estamos nos preparando bem, treinando forte e vamos com tudo para buscar a vitória. O Taubaté tem grandes jogadores no elenco, eles oscilaram um pouco na temporada e não sabemos exatamente que time esperar em quadra nesta quarta. Por isso, temos que nos preparar para encarar o melhor deles e acho que será uma grande partida. Vamos fortes, como sempre fazemos, e estou ansioso para enfrentar esses grandes jogadores”, analisou Sander.

Do lado do Taubaté, o ponteiro Lucarelli aposta em um duelo complicado, mas destaca que, como a pontuação entre as equipes está distante, seu time não tem como objetivo buscar essa segunda colocação.

“Amanhã vai ser um jogo extremamente difícil, contra uma equipe qualificada. No momento, não temos muitas pretensões na tabela, mas, visando já o playoff, é uma partida muito importante para preparar a equipe. Vai ser muito bom para colocar em prática o que viemos treinando nas últimas duas semanas. Espero que possamos fazer uma boa partida”, disse Lucarelli.

Um pouco antes, às 19h, o Vôlei Ribeirão recebe o Minas em um duelo que representa um reencontro de amigos, em especial para o central Petrus. Jogador do time paulista nesta temporada, ele defendeu a equipe mineira por quatro anos.

“É especial reencontrar grandes amigos e ver que estão numa crescente para os playoffs. Fico muito feliz. Se torna especial não somente por ser uma equipe que defendi, mas também por vai ser a última vez nessa jornada que irei vê-los pessoalmente. Desejo o melhor para toda equipe deles. Pelo nosso lado, estamos livres do rebaixamento e queremos dar o nosso melhor nesses dois jogos que nos faltam, a começar pelo de amanhã. Espero que seja uma grande partida”, disse Pétrus.

Seu ex-companheiro de time, o central Flávio acredita que esse conhecimento facilita mais para o lado do atual adversário. “Conhecer o estilo de jogo do Pétrus, nos ajuda, mas acho que ajuda ainda mais a ele, pois conhece bem a característica da maioria dos nossos jogadores e sabe como a nossa equipe joga. Vamos lutar muito pela vitória, que é muito importante. Ainda temos chances matemáticas de terminar a fase de classificação em quarto. Então vamos em busca dessas duas vitórias”, concluiu Flávio.

O Minas ocupa a sexta posição, com 33 pontos, enquanto o Vôlei Ribeirão é o nono colocado, somando 19 pontos.

Facebook Comments